Já reparou como sempre que se fala em inovação tem uma foto com a abaixo?

Pois é, realidade virtual é sinônimo de inovação.

Por muito tempo essa tecnologia foi apenas algo “legal”, sem muita aplicação que não fosse puro marketing. Mas esse panorama mudou, especialmente no que tange à educação.

Aqui queria fazer um parêntese para dizer que me sinto muito orgulhoso da Realvi fazer parte dessa revolução na educação.

Quando começamos a Realvi em 2017, a massiva maioria das aplicações em realidade virtual era apenas para entreter.

Entretanto, naquela época já enxergávamos os inúmeros benefícios dessa tecnologia na educação e por isso não desistimos até criarmos algo que realmente trouxesse valor além da diversão.

É bom termos em mente que a realidade virtual, assim como qualquer outra tecnologia, vem para facilitar a jornada de alunos e professores, provendo experiências de aprendizado antes impossíveis de serem alcançadas.

E é nesse sentido que alunos mergulham dentro da realidade virtual para visitar locais distantes no tempo e no espaço.

Um exemplo disso é uma das aulas de ciências da Realvi que coloca o aluno para conversar (em inglês) com um astronauta no espaço enquanto observa o movimento de rotação e translação da Terra. Numa outra ocasião, o aluno volta para o século XVI para bater um papo com um líder de uma tribo Iorubá.

Quando isso seria possível dentro da sala de aula sem essa tecnologia?

E os benefícios não param por aí.

Conceitos complexos como por exemplo figuras tridimensionais ou microscópicas se materializam frente aos olhos dos alunos que não só conseguem visualizar os conceitos como também se sentem mais engajados no processo de aprendizado.

Além disso, todos os alunos podem ter experiências de aprendizado ao mesmo tempo e cada um no seu ritmo. Algo difícil para um professor com uma sala de 20 ou 30 alunos dar conta.

Pelos motivos citados acima, posso afirmar que NÃO. Realidade virtual não é só marketing!

E acredito que ainda há muito a ser explorado com essa e outras tecnologias dentro da sala de aula. Nós aqui na Realvi já utilizamos, além da realidade virtual, realidade aumentada, inteligência artificial e reconhecimento de voz. O que mais motiva é saber que as escolas estão abertas à inovação e cada vez mais adotando soluções que engajam os alunos e facilitam o aprendizado.